0000009677 dominio publico

periódicos

siape

Apresentação

Biblioteca "Murilo Rubião"

Apresentação| Horário de Funcionamento | Consulta ao Acervo | GRU | Minha Biblioteca | Serviços Oferecidos | 
Fale com a Biblioteca | Tutoriais Sistema Pergamum | Regimento do Sistema de Bibliotecas do IFSULDEMINAS
Periódicos Técnico-Científicos | Links Interessantes | Base de Dados 


Biblioteca "Murilo Rubião"
IFSULDEMINAS – Campus Avançado Carmo de Minas

Funcionando desde 04 de janeiro de 2016, a Biblioteca "Murilo Rubião" está localizada nas dependências do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais – Campus Avançado Carmo de Minas. Seu acervo é constituído por livros, periódicos, CDs e DVDs, que oferecem suporte aos professores, alunos, servidores e comunidade externa. A biblioteca também oferece computadores com acesso à Internet para pesquisas e realização de trabalhos escolares. 

A Biblioteca buscando melhoria na qualidade do atendimento aos seus usuários, amplia constantemente seu acervo de livre acesso.

A biblioteca está informatizada com o software Pergamum e pode ser consultada via internet pelo site do IFSULDEMINAS ou pela página da biblioteca no Facebook (https://www.facebook.com/bibliotecaifcarmodeminas).

A Biblioteca "Murilo Rubião" coloca-se à disposição de toda a comunidade para consulta e pesquisa em seu acervo.


Quem foi Murilo Rubião?

Murilo Rubião nasce em Silvestre Ferraz – hoje Carmo de Minas – em 1º de junho de 1916. Filho de uma família de escritores, chega em Belo Horizonte aos sete anos, onde vive até o final de sua vida, a não ser pelos quatro anos passados em Madri como adido junto à Embaixada do Brasil na Espanha. Foi contista, jornalista, professor, advogado.

Em 1947, lançou seu primeiro livro de contos, O ex-mágico, que não teve maior repercussão na época. A partir de então, ingressou no mundo da política, sempre como assessor. Em 1951, ocupou a função de chefe de gabinete do governador Juscelino Kubitschek. Entre 1956 e 1961, exerceu o cargo de adido cultural do Brasil na Espanha. Em 1966 foi designado para organizar o Suplemento Literário do Diário Oficial Minas Gerais, que se tornou um dos melhores órgãos de imprensa cultural já surgidos no país. A publicação de O pirotécnico Zacarias, em 1974, deu súbita fama a Murilo Rubião.