0000009677 dominio publico

periódicos

siape

Combate à Hipertensão

 Comissão de Saúde e Qualidade de Vida realiza campanha de prevenção e combate à hipertensão arterial

No dia 24 de abril, terça-feira, a Comissão de Saúde e Qualidade de Vida realizou a campanha de prevenção e combate à hipertensão em decorrência do Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial que acontece na data de 26/04.

Dentre os fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial tem-se: fumo, consumo de bebidas alcoólicas, obesidade, estresse, grande consumo de sal, níveis altos de colesterol, falta de atividade física.

Além desses fatores de risco, sabe-se que sua incidência é maior na raça negra, aumenta com a idade, é maior entre homens com até 50 anos, entre mulheres acima de 50 anos e em diabéticos.

Os sintomas da hipertensão costumam aparecer somente quando a pressão sobe muito: podem ocorrer dores no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal.

Aferir a pressão regularmente é a única maneira de diagnosticar a hipertensão. Pessoas acima de 20 anos de idade devem medir a pressão ao menos uma vez por ano. Se houver hipertensos na família, deve-se medir no mínimo duas vezes por ano.

A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento e pode ser controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente, mas além dos medicamentos disponíveis atualmente, é imprescindível adotar um estilo de vida saudável: manter o peso adequado, se necessário, mudando hábitos alimentares; não abusar do sal, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos; praticar atividade física regular; aproveitar momentos de lazer; abandonar o fumo; moderar o consumo de álcool; evitar alimentosgordurosos; controlar a diabetes.

Considera-se a pressão arterial de 120/80 mmHg como normal (ótima) e acima de 140/90 mmHg como hipertensão. A pressão arterial abaixo de 120/80 mmHg é tida como normal desde que isso não provoque nenhum sintoma no indivíduo.

As aferições da pressão arterial foram realizadas nos servidores, alunos e colaboradores terceirizados.

Conforme as aferições realizadas no campus constatou-se que:

  • 87,10% tem a pressão considerada normal
  • 12,90% tem a pressão normal elevada (valores acima de 120/80 mmHg e abaixo de 140/90 mmHg).

De acordo com os valores obtidos podemos afirmar que estão todos com ótima saúde.

Agradecimentos: Ao Secretário Municipal de Saúde: Sr. Mauro Guimarães Junqueira e aos profissionais da saúde: João Paulo Rodrigues de Freitas Brandes, Marquinho e Sônia Maria.


Fonte: http://bvsms.saude.gov.br/ultimas-noticias/2268-26-4-dia-nacional-de-prevencao-e-combate-a-hipertensao-arterial

 

Texto: Daniela Sakaguti
Fotos: Daniela Sakaguti e Luiz Gustavo Mello
Publicado em 04 de Maio de 2018.